Noticias

segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Rio 2016 - JUDO -TELMA MONTEIRO CONQUISTA MEDALHA DE BRONZE, APÓS VENCER A ROMENA CORINA CAPRIORIU, POR YUKO

“Lutei com tudo o que tinha e acreditei que se estava aqui era para fazer história pelo meu país"
A grande campeã alcançou a primeira medalha
 para Portugal

-" medalha que não é minha, é nossa, uma medalha 
de Portugal, que eu conquistei com sangue lusitano, 
com raça, com o querer e a todas as crianças que me 
estão a ver, vale a pena lutarmos pelos nossos sonhos"
 disse: Telma Monteiro




A judoca portuguesa Telma Monteiro, alcançou hoje ao inicio da noite, a medalha de bronze na categoria de - 57 kg, a primeira medalha de Portugal, nos Jogos Olímpicos ,do Rio 2016, depois de vencer a romena Corina Caprioriu por yuko.
Após ter sido afastada das medalhas de ouro e prata,por sair derrotada dos quartos de final,a atleta lusa ganhou o combate da repescagem sobre a francesa A.Paiva, vitória que lhe deu a possibilidade de lutar pelo bronze.
Telma Monteiro conseguiu um Yuko, logo nos primeiros segundos do combate e apesar de uma lesão  no ombro, não impediu a judoca almadense de alcançar o sonho  de ser medalhada no Rio 2016.

Parabéns Telma, foste gigante em cima do tapete e  fizeste história para o judo nacional e Olímpico.

Para a  televisão Telma Monteiro disse:

"Foi um dia de completa superação. Vinha de uma lesão,fui operada há menos de cinco meses e meio, competi com o joelho ligado e o mais importante é que acreditei,lutei,não deixei que a idade ou que os Jogos Olímpicos que passaram, que me não tinham corrido bem, fossem um fantasma" 

- Depois disse:

- "Lutei com tudo o que tinha e acreditei que, se estava aqui era para fazer história pelo  meu país"

A finalizar  a atleta do Benfica dedicou a medalha de bronze à família, ao seu clube e aos treinadores. Aos portugueses deixou uma mensagem: 

-" medalha que não é minha, é nossa, uma medalha de Portugal, que eu conquistei com sangue lusitano, com raça, com o querer e a todas as crianças que me estão a ver, vale a pena lutarmos pelos nossos sonhos"

Sem comentários:

Enviar um comentário