Noticias

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

2.º Congresso Almada: traçar caminhos para o futuro -

Atividade Municipal
Entre 14 e 16 de outubro os almadenses partilharam as suas ideias e propostas para melhorar o concelho, no Complexo Municipal dos Desportos, no Feijó.
Foto gentilmente cedida por RO - Luís Rodrigues, para ilustrar a noticia.

Entre 14 e 16 de outubro os almadenses partilharam as suas ideias
 e propostas para melhorar o concelho, no Complexo Municipal dos 
Desportos, no Feijó.




O 2.º Congresso Almada foi «testemunho de uma participação plural, ampla e que desejamos que nos sirva de estímulo para o nosso trabalho», sublinhou Joaquim Judas, presidente da Câmara Municipal de Almada, expressando ainda o agradecimento «a todos os que deram o seu contributo».
 
Em cada um dos seis painéis temáticos foram apresentadas diferentes experiências de boas práticas, debatidas pelos participantes no 2.º Congresso Almada – Pensar o futuro com participação e proximidade.
 
A comunidade educativa, o movimento associativo popular, a solidariedade social, a reconversão urbanística, o envolvimento e participação dos jovens na construção do futuro e o papel das comissões de moradores foram alguns dos temas em debate no painel «O Futuro – Construir o futuro à nossa maneira».
 
No tema «O Trabalho – Almada local de trabalho», foi abordado o papel das pequenas e microempresas no desenvolvimento económico, a criação de novas empresas e novos negócios, o ensino profissional e a oferta de trabalho, o caso de reconversão urbanística do plano para Almada Nascente, a precariedade sentida pelos trabalhadores nos últimos anos e a experiência empresarial do Madan Parque.
 
A construção da igualdade de género, de oportunidades e de direitos, a integração social, a igualdade de género e a condição militar, a promoção da igualdade no respeito pela diferença estiveram em análise no painel «Igualdade – Almada, juntos somos mais e melhores».
  
Também o voluntariado e proximidade no auxílio e proteção civil, a gestão do espaço público e a sua relação com o automóvel, o usufruto do espaço público e a mobilidade sustentável, o abastecimento e tratamento de águas, os direitos e deveres dos cidadãos no uso do espaço público foram algumas das preocupações em reflexão no tema «Espaço Público – Os espaços das nossas vidas».
 
No painel «Proximidade – Construir proximidades» estiveram em análise as freguesias e a experiência da agregação e o distanciamento das populações, o acesso aos serviços públicos, à Internet e os meios informáticos, e aos transportes públicos enquanto fator de promoção da proximidade dos cidadãos, o comercio local e a participação dos arrendatários municipais.
 
O último tema «Identidade – Almada, a nossa marca» a participação centrou-se na identidade cultural, na memória coletiva e história oral, na educação patrimonial, na expressão musical e no desporto para todos, uma experiência de participação e proximidade em Almada.
 
O último dia do Congresso Almada contou com a participação das associações e coletividades do concelho, que desfilaram junto ao Monumento ao Movimento Associativo, no Feijó. 
Fonte: cmalmada
Foto:Luís Rodrigues

Sem comentários:

Enviar um comentário