Noticias

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Basquetebol - Um drible com... Jéssica Costa, do GDESSA - Barreiro


A Jéssica é atualmente jogadora do GDESSA – Barreiro e irmã da Márcia Costa, com quem partilhou um lugar no cinco ideal relativo ao último fim de semana da Liga Feminina, além de ter sido a MVP pela primeira vez. Gostava de conhecer Itália e daqui a 10 anos espera ainda estar a jogar basquetebol.
Vamos conhecer a Jéssica.

O que é para ti o basquetebol?

O Basquetebol para mim é, acima de tudo, algo que me permite juntar o útil ao agradável, a oportunidade de fazer algo de que gosto muito e a possibilidade de viver tanta coisa em equipa.

Como te sentes ao estar no cinco ideal da semana da Liga Feminina com a tua irmã?

Estar no cinco ideal da semana deixa-me muito orgulhosa! É sinal de que o meu trabalho, esforço e dedicação têm dado "frutos", principalmente quando consigo contribuir diretamente para a vitória da equipa. É claro que dá um gostinho especial estar ao lado da minha irmã, apesar de não ser novidade para ela.

Qual é a tua viagem de sonho?

Tenho várias viagens de sonho, mas tenho curiosidade em visitar Itália.

Quais são as tuas perspetivas para o resto da temporada?

Ainda estão duas competições em aberto e como é óbvio estamos focadas em chegar o mais longe possível!

Onde te vês daqui a 10 anos?
Não penso muito no futuro, mas espero estar bem e ainda a praticar basquetebol, em Portugal.

Podes revelar-nos o momento mais cómico que tiveste esta época com a tua equipa?

Estávamos no aquecimento de um jogo muito importante e o meu treinador vem ao pé de mim e diz: "Jéssica atenção à… (jogadora estrangeira), que podes vir a defendê-la." Estava tão nervosa que nem percebi que a palavra em inglês era o nome da jogadora mais influente da equipa adversária, então acabou por me sair um " o que é isso?".

Qual o filme da tua vida?

“Corridas clandestinas”.

Quanto tempo demoras para sair de casa de manhã?

Admito que sou uma rapariga que demora algum tempo, preciso de pelo menos uma hora para sair de casa.

Qual é a pior coisa que te podem fazer?

A pior coisa que me podem fazer é mentir.

Qual é o teu cinco ideal?

Inês Viana (SL Benfica), Márcia Costa (GDESSA - Barreiro), Ezinne Kalu (Olivais Coimbra), Layne Murphy ( GDESSA - Barreiro) e Rashida Timbilla (Quinta dos Lombos).


 Fonte:Boletim informativo da Federação Portuguesa de Basquetebol

Sem comentários:

Enviar um comentário