Noticias

domingo, 19 de fevereiro de 2017

II LIGA - Cova da Piedade trava o lider Portimonense, [1 - 1] foi o resultado final

O guarda redes Pedro Alves, apesar de ter cometido uma grande penalidade, foi o homem do jogo 
A Festa do golo do Cova da Piedade,marcado por Rui Varela.
Foto: Joaquim Candeias

O Clube Desportivo da Cova da Piedade, recebeu na manhã de domingo dia 19 de fevereiro, o Portimonense em jogo da 27 ª jornada do Ledman Liga Pro, com a equipa da casa a impor um empate [1-1], ao líder, destacado da II Liga, depois de ao intervalo ter estado em desvantagem ,0 -1,por  Ricardo Pessoa, na marcação de uma grande penalidade ocorrida já em tempo de compensação, dada pelo árbitro Carlos Xistra, a castigar falta do guarda redes piedense, Pedro Alves sobre Gleison. Com a equipa comandada pelo técnico João Barbosa a chegar ao empate aos 62minutos através de Ricardo Varela

Nos primeiros quarenta e cinco minutos a turma visitada, a atuar pela primeira vez em casa, ante o seu público, agora sob o comando do técnico João Barbosa, entrou bem na partida e à passagem do quarto minuto, lance polémico na área dos algarvios com Dieguinho a libertar-se de um adversário e cair na área, quando estava em excelente posição para rematar, o árbitro Carlos Xistra em cima do lance nada assinalou, apesar dos muitos protestos dos jogadores e público afeto aos piedenses.

Aos 11minutos de jogo livre no bico da área da turma forasteira, na sua marcação bola foi para a área pequena do guarda redes que acossado por um jogador piedense, deixou cair o esférico, mas com o árbitro a interromper, por falta sobre o guarda redes Rui Ferreira.

A equipa do Portimonense que apostava no jogo apoiado, desfrutou da sua primeira oportunidade de golo aos 18 minutos, num lance em que o esférico foi cruzado para a área piedense, com o mesmo a sobrar para Ewerton que depois de ter tirado um jogador do caminho, rematou com o esférico a passar sobre a trave da baliza de Pedro Alves.

A partida entrava num período em que ambas as equipas, procuravam o golo, com um Cova da Piedade, mais ofensivo, com Varela e Irobiso, no eixo do ataque e os alas Dieguinho pelo lado esquerdo Filipe Godinho, no lado direito a equipa não se encolheu, mas teve pela frente um conjunto, muito bem estruturado e com três homens, Paulinho, Ewerton e Fidélis, a causarem sempre muito perigo no último reduto do Cova da Piedade.

Aos 28 minutos lance de ataque da turma do Cova da Piedade, pelo lado esquerdo conduzido por Dieguinho, com este a ir á linha final, a cruzar para a área com Irobiso, a receber o esférico e já na pequena área e em excelente posição para inaugurar o marcador, rematou fraco é afigura do guarda redes Ricardo Ferreira.

A turma comandada por Vítor Oliveira, ripostava e em dois lances de bola parada criou algum perigo na área dos visitados, e aos 33 minutos uma das melhores oportunidades, foi desperdiçada por Ewerton que se antecipando a um defensor piedense, entrou na área e quando tinha dois colegas melhores posicionados, optou por rematar como esférico a sair muto por cima da baliza, aguarda de Pedro Alves.
Ricardo Pessoa ,autor do golo  do Portimonense a dedicar o golo,através da câmara
 da Sporttv. Foto; JoaquimCandeias

 Aos 43 minutos Irobiso voltou a estar perto de marcar, mas Ricardo Ferreira, foi gigante entre os postes e negou o golo aos piedenses.

Com as equipas pensarem já no intervalo e em períodos de descontos(2minutos), lance de ataque dos algarvios, com Gleison a isolar-se e á entrada, foi travado em falta por Pedro Alves, o árbitro não teve dúvidas e apontou a marca da grande penalidade, penalidade que foi convertida pelo capitão Ricardo Pessoa, a rematar o esférico para a esquerda de Pedro Alves, com este a lançar-se para a direita. Estava assim inaugurado o marcador.

Na segunda parte, ambos os técnicos fizeram entrar o mesmo onze inicial e logo no primeiro minuto, o Cova da Piedade a beneficiar de um canto, o mesmo foi convertido por Soares, com o esférico a cair na área, com um jogador piedense, a falhar o remate.
Eram decorridos 52 minutos de jogo, uma falta de Fidelis, na zona intermédia da equipado Cova da Piedade, levou o árbitro Carlos Xistra a exibir a cartolina amarela, seguida de vermelho, já que o jogador tinha visto a cartolina amarela, aos 26 minutos da primeira parte
Ricardo Varela autor do golo do Cova da Piedade, aqui em
luta com um adversário.Foto:Joaquim Candeias

O técnico do Cova da Piedade, mandou saltar do banco para aquecimento, André Carvalhas e Ballack, os quais   entraram aos 59 minutos para renderem Filipe Godinho e Irobiso.

Aos 61 minutos, lance de ataque por parte dos piedenses, com o esférico a ser lançado para o flanco direto do ataque piedense, onde apareceu Ballack a solicitar na área Rui Varela que com um remate rasteiro bateu o aguarda redes Ricardo Ferreira, estava assim feita a igualdade no marcador.

A partida estava repartida e aos 66 minutos, numa altura em que a equipa visitada estava toda no meio campo do Portimonense, uma perda de bola por parte da equipada casa, permitiu à turma liderada por Vítor Oliveira, partir rápida para o contra-ataque, com Fabrício e Paulinho a lançarem o pânico na área piedense, com o esférico a tabelar num jogador piedense e assim a gorar os intentos dos algarvios.

A equipa do Cova da Piedade tentava tirar partido da vantagem numérica e forçava mais o ultimo reduto forasteiro e nova perda de bola junto à área dos visitantes, permitiu ao Portimonense, aos 70 minutos, protagonizar mais um lance de ataque que só não deu em golo, porque Pedro Alves, saiu com determinação aos pés de Paulinho, negando o golo aos visitantes.

Aos 89 minutos, uma vez mais Pedro Alves a marcar a diferença, ao anular um lance de perigo dos visitantes. O mesmo viria acontecer já em períodos de descontos, na conversão de um livre, á entrada da área e do lado esquerdo do ataque do Portimonense, Ricardo Pessoa, na marcação do mesmo obrigou Pedro Alves, a mais uma excelente defesa, com o árbitro a dar por terminada a partida.

Resultado justo, mas que poderia ter tido mais golos, numa excelente partida de futebol protagonizada por duas excelentes equipas, apesar da turma da Cova da Piedade estar a 26 pontos da liderança, liderança essa, liderada pelo seu antagonista, enquanto o Cova da Piedade está na 14 ª posição com 35 pontos a dois pontos do oitavo lugar.


O trio de arbitragem  a entrar em campo com as duas equipas. Foto:Joaquim Candeias


Jogo disputado no Estádio Municipal “José Martins Vieira”, na Cova da Piedade, Almada. Ao intervalo: 0-1. Resultado final: 1-1.

Árbitro: Carlos Xistra
Árbitros assistentes: 1º José Braga e 2 º Jorge Cruz
4º Árbitro: Tiago Rocha
Delegado da Liga: José Pinto
Pedro Alves, com três ou quatro defesas de eleição evitou
o triunfo os algarvios.Foto:Joaquim Candeias

Clube Desportivo Cova da Piedade: Pedro Alves, Chico Gomes (Adilson, 72), Miguel Ângelo, Bruno Sapo, Evaldo, Soares, Luís Silva, Filipe Godinho (André Carvalhas, 59’), Dieguinho, Irobiso (Ballack, 59’) e Rui Varela.

Suplentes não utilizados: Rui Dabô, Roberto Cunha, Yi e Siaka Bamba

Ação disciplinar:  Cartão amarelo para Evaldo (30’), Luís Silva (44’) e Pedro Alves (45+1’).

Treinador: João Fernandes Barbosa.

Portimonense: Ricardo Ferreira, Ricardo Pessoa, Ivo Nicolau, Marcel, Luís Mata, Ewerton, Fidelis, Paulinho (Manafá, 75’), Fabrício, Gleison (Zambujo, 86’) e Jorge Pires (Gustavo, 54’).

Suplentes não utilizados: Carlos, Bruno Tabata, Sarpong e Chidera.

Ação disciplinar:  cartão amarelo para Everton (11’), Fidelis(26’ e 51’) e Gleison(42’). Cartão vermelho por acumulação de cartões amarelos para Fidelis.

Treinador: Vítor Oliveira.

Golos
0-1, por Ricardo Pessoa, aos  45'+2 de grande penalidade.
 1-1, por Rui Varela, aos 61'.






Sem comentários:

Enviar um comentário