Noticias

sexta-feira, 10 de março de 2017

Futsal -Treinadores lançam argumentos pela conquista da Supertaça "AFS" » Futsal Feijó o CR Miratejo,uma das equipas vai levantar a taça


Fase do jogo da Final da Taça AFS entre as equipas do
CRMiratejo,1- 2 Futsal Feijó.Foto:Arquivo DesportoAlmada


As equipas de futsal sénior no feminino de Futsal Feijó/Academia Desportiva de Laranjeiro e Feijó e Clube Recreativo Desportivo de Miratejo encontram-se este sábado,  dia 11 pelas 18,30 horas na Costa de Caparica, para disputar a Supertaça AFS.

Ao afsetubal.fpf.pt os treinadores de ambos os conjuntos fazem a antevisão daquele que será o terceiro duelo da temporada por um título regional


São as duas equipas que mais se têm destacado na presente temporada no que ao futsal sénior no feminino respeita. Nesta época, a formação do Futsal Feijó/Academia Desportiva de Laranjeiro e Feijó, com a conquista do campeonato distrital e da Taça AFS, leva vantagem no confronto direto com o conjunto do Clube Recreativo Desportivo de Miratejo.

A discussão da Supertaça, marcada para este sábado, a partir das 18h30, no Pavilhão Municipal da Costa de Caparica, reabre o embate por um título associativo entre os dois emblemas e levanta a questão, sustentada nos adágios populares: “Não há duas sem três” ou “À terceira é de vez”.

Feijó não embandeira em arco

Aos 43 anos, Paulo Santos, há sete como líder técnico da equipa do Futsal Feijó pode somar mais um título na sua carreira. O treinador que este ano já festejou o triunfo na Taça AFS e mais recentemente a vitória no campeonato não hesita, contudo, em assumir que o novo confronto com o Miratejo vai ser complicado.

“Apesar dos últimos resultados terem sido a nosso favor, nunca podemos pensar que o jogo está ganho à partida. Uma final é sempre um desafio difícil e só com muito empenho é que podemos aspirar ao triunfo”, garante Paulo Santos.

O treinador do Futsal Feijó admite que a equipa que lidera “tem na experiência das jogadoras e na força do coletivo trunfos para voltar a vencer”, mas não esquece que do outro lado vai apresentar-se um adversário que também “já tem um conjunto formado há muito tempo, sólido e com atletas de muita qualidade”.


Miratejo liberta ambição

A tarefa do Miratejo em travar o Feijó nesta época já se percebeu que tem rimado com desaires. Todavia, este sábado há mais um título por disputar e o vencedor apenas será conhecido no final da partida. Logo, tudo está em aberto para a formação treinada por Vítor Ramos.

“Vamos ver como vai ser mais esta final. Temos sempre a ambição de vencer e esse sentimento não nos vai faltar em mais esta partida”, começou por assumir o experiente treinador de 66 anos, há cerca de 12 ligado ao futsal feminino do Miratejo.

A vontade de carimbar a conquista da Supertaça da AFS é uma certeza, mas Vítor Ramos confessa que as coisas não estão de feição para o seu lado para enfrentar um “adversário que já provou ter muito valor”.

Na verdade, o treinador do Miratejo debate-se com algumas ausências de atletas, que, por diversos motivos, não deverão poder dar o contributo à equipa. “Estas limitações vão ter, naturalmente, influência no plano competitivo”, lamenta.

“Apesar de tudo, sei que tenho uma equipa formada por jogadoras de qualidade e que são muito unidas em campo. Elas estão muito motivadas e é dessa forma que vamos encarar mais esta final com a ambição de vencer”.

Refira-se que ambos os técnicos desejam que o jogo de atribuição da Supertaça AFS seja “uma partida com grande presença de adeptos das duas equipas, um espetáculo que dignifique o trabalho dos dois emblemas e mais uma oportunidade para a promoção do futsal no feminino na nossa região”.

O jogo da Supertaça AFS de futsal sénior feminino tem entrada gratuita.


Fonte: site afsetúbal

Sem comentários:

Enviar um comentário