Noticias

quinta-feira, 16 de março de 2017

II LIGA » Cova da Piedade 1 - 1 União da Madeira, empate que foi garantido pelo guarda redes Pedro Alves ao defender um penalty. e não só...


Exibição do guarda redes Pedro Alves, garantiu aos piedenses, um ponto, na partida realizada esta tarde no Estádio Municipal José Martins Vieira, ante o União da Madeira, com o guarda redes a ser decisivo, aos 80 minutos, ao defender uma grande penalidade apontada por Luís Tinoco, para além de em mais três ocasiões brilhar nas redes da baliza do Cova da Piedade.

Cova da Piedade empatou [1-1] esta tarde, frente ao União da Madeira, em jogo da 32 ª jornada da II Liga e foi ultrapassado pelo Sporting B, na tabela classificativa, mas alcançou o Famalicão, ambos com 39 pontos.

A equipa piedense liderada pelo técnico João Barbosa que vinha de duas derrotas
entrou bem na partida, atuando muito bem  a meio campo e a criar situações de perigo no último reduto da turma insular e aos 11 minutos lance de ataque pelo lado direito do ataque piedense, com Rui Varela a cruzar para a área, onde apareceu Miguel Ângelo a elevar-se melhor que dois defensores madeirense e de cabeça a bater o guarda redes Nilson, sem hipóteses para este.

Em vantagem no marcador, a equipa continuou a pressionar o seu adversário e aos 16 minutos, um lance ocorrido na área dos madeirenses, com dois jogadores do Cova da Piedade a caírem na área, mas sem que o árbitro Jorge Sousa nada assinala-se, apesar dos protestos dos piedenses.
Pedro Alves em mais uma excelenete defesa aqui protegido
por Miguel Ângelo,autor do golo dos piedense

Aos 20 minutos, o extremo Dieguinho lançou o pânico nas hostes madeirenses, entrou no meio campo do União, foi por aí fora, ultrapassando todos os jogadores visitantes que lhe apareciam pela frente e à entrada da área rematou forte como esférico a passar sobre a trave da baliza do guarda redes brasileiro, Nilson, naquele que foi o melhor período do Cova da Piedade

A equipa forasteira respondia em contra-ataques e aos 34 minutos o União da Madeira chegou ao empate, sem que nada fizesse o merecer, lance de contra-ataque conduzido pelo lado esquerdo do seu ataque, o esférico foi cruzado para o 2 º poste da baliza aguarda de Pedro Alves, onde apareceu N`sor que liberto de marcações e de cabeça restabeleceu o empate.


A equipa da casa acusou o golo e à passagem dos 40 minutos a equipa do União este perto de voltar a marcar, mas a bola acabou por passar ao lado do poste esquerdo da baliza de Pedro Alves.

A segunda parte começou e logo com uma situação de perigo, com a equipa madeirense a chegar mesmo a introduzir a bola na baliza da equipa visitada, mas com o fiscal de linha a levantar a bandeirola a considerar fora de jogo ao jogador do União.

 Aos 60 minutos e após um lance de perigo na área do União, com o central Bruno Bernardo a acorrer a um cruzamento, mas a não chegar ao esférico que acabou por morrer nas mãos do guarda redes brasileiro.

Nos últimos 30 minutos foi o guarda redes Pedro Alves a brilhar na partida, primeiro aos 63 com uma defesa apertada a negar o golo aos insulares, depois aos 66 minutos soberana oportunidade com Flávio Silva a aparecer isolado frente a Pedro Alves, mas na hora do remate fez o esférico passar sobre o travessão.

A equipa da casa perdia ação ofensiva, com o técnico piedense aos 71 minutos a proceder a duas alterações na equipa com as saídas de Filipe Godinho e Luís Silva, por troca com Siaka Bamba e Irobiso, no intuito de dar uma maior coesão ao setor atacante, no entanto enquanto decorria as referidas substituições, já o central Bruno Bernardo, estava em difuculdades, acabando por sair 4 minutos depois, o que obrigou o técnico piedense a fazer entrar o central Danielson.


O certo é que aos 80 minutos uma excelente antecipação de Miguel Ângelo,sobre Cédric, na área piedense, levou o árbitro Jorge Sousa a apontar para a marca de grande penalidade, apesar dos muitos protestos de jogadores e público, Cédric, chamado a marcar a grande penalidade a mesma foi magistralmente defendida por Pedro Alves, que lançou-se para o lado esquerdo e junto ao poste, desviou o esférico para canto negando assim o golo que daria vantagem para a turma da Madeira.

Com a equipa madeirense por cima da partida, valeu ao Cova da Piedade o guarda redes Pedro Alves que aos 82 minutos foi enorme ao sair da baliza e arrojar-se aos pés de Roniel e a evitar um mal maior para a sua baliza.

Aos 89 minutos e aos 90+2, dois lances na área do União da Madeira, tendo como protagonista Irobiso, sem que o árbitro Jorge Sousa assinala-se qualquer infração, tendo na segunda situação exibido o cartão amarelo ao jogador do Cova da Piedade, por suposta simulação.

O empate acaba por ser um mal menor  para a turma do Cova da Piedade, que realizou uma excelente primeira parte,mas que claudicou na segunda parte,ante um União da Madeira mas determinado e que só não saiu da Cova da Piedade, face à soberba exibição do guarda redes Pedro Alves

Sobre o trabalho do árbitro Jorge Sousa,dois lances ocorrido em ambas as áreas,com decisões diferentes.


O trio de arbitragem liderado por Jorge Sousa com  as duas equipas a entrar no recinto.

Ficha do jogo:
 Cova da Piedade 1- 1 União da Madeira.
 Jogo realizado esta quarta feira dia 15  de março, no Estádio José Martins Vieira, na Cova da Piedade, em jogo da 32 ª jornada da Ledman LigaPro. Ao intervalo:1 -1
Árbitro: Jorge Sousa(AFPorto)
Árbitro assistentes: 1º Álvaro Mesquita e 2 º Nuno Manso. 4 º árbitro: Carlos Dias

- Cova da Piedade: Pedro Alves, Adilson, Miguel Ângelo, Bruno Bernardo (Danielson, 75'), Evaldo, Soares, Luís Silva (Irobiso, 71'), Robson, Filipe Godinho (Siaka Bamba, 71'), Dieguinho e Rui Varela.

- Suplentes não utilizados: Guilherme Oliveira Carlos Alves, Silas e Yi Chen.

- Ação disciplinar: cartão amarelo para Miguel Ângelo,79' e Irobiso,90+2'

- Treinador Principal: João Barbosa.
-Treinador adjunto: Jorge Nabais
- Médico: Luís Miguel de Almeida
- Fisioterapeuta: Alexandre Mil Homens
- Diretor Desportivo: André Dias
- Diretor Geral: António Soares

- União da Madeira: Nilson, Tiago Moreira, Kusunga, Tiago Ferreira, Luís Tinoco, Ryan Ramos, Cedric (Roniel, 72'), Luís Carlos (Nuno Viveiros, 56'), Mica, Flávio Silva (Luan, 80') e Kwame N'Sor.

- Suplentes não utilizados: Tony Batista, Allef Nunes, Nduwarugira e Gian Martins.

- Ação disciplinar:cartão amarelo par Cédric(68') e Ryan Ramos(83')

- Treinador Principal: Jorge Casquinha
- Treinador Adjunto:  Manuel Ribeiro
- Médico: Miguel Raposo Silva
- Massagista:  Rogério Câmara Correia
- Diretor Desportivo:  Edgar Rodrigues
- Diretor Desportivo Adjunto: Bruno Freitas

Golos:
1 - 0, aos 11 minutos por Miguel Ângelo
1 -1, aos 34 minutos por Kwame N'Sor

Sem comentários:

Enviar um comentário