Noticias

domingo, 2 de abril de 2017

II LIGA » Cova da Piedade [1 - 0] Sporting da Covilhã »Rui Varela quebra jejum dos piedense em casa

Piedenses quebraram jejum de 119 dias sem vencerem  no Municipal “José Martins Vieira”
A equipa do Cova da Piedade que iniciou a partida com o Sporting da Covilhã

Rui Varela, foi hoje o homem do jogo, ao ser o autor do golo que garantiu ao Cova da Piedade, a sua primeira vitória em casa, no decorrer de 2017, ao vencer por [1- 0] o Sporting da Covilhã, em partida da 34 ª jornada da II Liga de futebol- Ledman- Liga Pro, quebrando um jejum de 119 dias sem vencer em casa.

O golo aconteceu ao minuto (90+2´), dos 4 minutos de compensação dada pelo árbitro e resultou de um pontapé de canto, marcado do lado direito do ataque piedense, por Filipe Godinho, com o esférico a cair no coração de área, com um defensor serrano a aliviar defeituosamente, o esférico sobrou para a frente de Rui Varela que de primeira atirou para o fundo das redes do guarda redes Igor Rodrigues que desta vez não evitou o golo dos piedense que assim quebraram um jejum em casa de 119 dias sem vencerem em casa, já que a última vitória no Estádio Municipal “José Martins Vieira” tem a data de 4 de Dezembro diante do Gil Vicente[1-0]
Rui Varela o homem golo dos piedenses

Em relação ao jogo, o mesmo era de extrema importância para as aspirações do Cova da Piedade, na fuga à despromoção, o certo é os primeiros minutos foi de um estudo mútuo entre as duas formações, com o Cova da Piedade só aos 11minutos a aparecer com algum perigo junto da baliza de Igor, com este a ver o remate de André Carvalhas a sair a rasar o poste esquerdo da baliza, com o guarda redes a ficar pregado ao chão, sem fazer qualquer esboço de defesa.

O sentido mais da turma orientada por João Barbosa, acentuava-se, e aos 17 minutos novamente André Carvalhas a fazer das suas, na marcação de um livre, do lado direito do ataque piedense, cruzou a bola coma mesma a pingar junto à trave valeu a intervenção de Igor a negar o golo, desviando o esférico para canto, da marcação do canto nada resultou.

Aos 22 minutos num dos lances de ataque, a turma serrana beneficiou de um ponta pé de canto, mas   sem resultados práticos.

Aos 26 minutos jogada de ataque da equipa da casa, com Roberto Cunha pela esquerda do ataque, a cruzar o esférico para o segundo poste onde apareceu Irobiso que liberto de adversários, saltou, mas não conseguiu chegar ao esférico.

Aos 28 minutos o perigo rondou o último reduto dos serranos, após a marcação de um livre convertido por André Carvalhas ele que de fato era o homem da partida, por ele passava todo o futebol ofensivo dos piedenses, mas faltava ao futebol dos piedenses, uma transação defesa ataque mais bem organizada e isso não acontecia, dai só em lances de bola parada, chegava á área da turma oriunda da Covilhã, bem com alguns cruzamentos pelas alas, Dieguinho e Adilson.

Aos 32 minutos foi o guarda redes Pedro Alves, que até ai não tinha tido muito trabalho, a negar o golo á equipa liderada por António Gouveia, lance rápido de contra ataque conduzido o Chaby, que pleno de  oportunidade libertou-se de um defensor visitado, levantou a cabeça viu Harramiz liberto de adversários, endossou o esférico a este que já dentro da área descaído pelo lado direito do seu ataque  e quando se preparava para rematar á baliza viu o enorme Pedro Alves a sair ao caminho  e a deter o remate do avançado serrano, naquela que foi a melhor oportunidade de golo da turma forasteira. 

Aos 38 minutos a turma do Sporting da Covilhã ficou reduzida a 10 jogadores por expulsão de Medarious, num lance em que o jogador serrano entrou com tudo sobre o lateral, Chico Gomes que teve que ser assistido pela equipa médica piedense, com o árbitro António Nobre a exibir a cartolina vermelha ao jogador faltoso.

Até final da primeira parte dois lances na área dos visitantes, com o árbitro a sancionar os avançados piedenses por posição irregular.

Na segunda parte e a jogar contra dez, o técnico João Barbosa, fez entrar Jorge Silas para o lugar de Luís Silva, para dar mais acutilância ao ataque, no entanto manteve apenas Irobíso na área do adversário. A equipa voltou a assumira as rédeas do jogo e aos 47 minutos o avançado piedense lançou o perigo na área adversária, mas com o remate a levar o esférico ás malhas laterais da baliza aguarda de Igor.
Irobiso,foi uma dor de cabeça para os homens da Covilhã

Aos 63 minutos foi o guarda redes Igor a sair aos pés de Irobiso para evitar o golo, com 66 minutos de jogo, o técnico piedense lançou o avançado, Rui Varela para jogar em cunha com Irobíso, no ataque piedense e aos 73 minutos Rui Varela este perto de inaugurar o marcador.

Aos 75 minutos a equipa visitante chegou à área do Cova da Piedade, com o esférico a passar sobre a trava da baliza de Pedro Alves, que nessa segunda parte foi um mero espetador.

A equipa da casa que já tinha feito entrar Filipe Godinho, teve resposta do lado adversário com as entradas de Pince e Diogo, mais para a sua zona intermédia, na tentativa de manter o empate, mas com Filipe Godinho a aturar mais na ala direita do ataque, eram a partir dos seus pés que a bola era canalizada para a área adversária, aos 82 minutos cruzamento de Filipe Godinho e Evaldo em excelente posição a não conseguir chegar ao esférico.

Com a partida a chegar ao seu termo, mais se acentuava o domínio dos homens da casa e aos 84 minutos, Silas libertou-se de dois defensores entrou na área e rematou para a baliza, com o guarda redes a negar o golo, ao enviar o esférico para canto

A equipa visitante, que muito cedo começou a queimar tempo, com sucessivas interrupções por parte de alguns jogadores, levou o árbitro a conceder apenas 4 minutos de compensação.

  Finalmente o golo ao cair do pano.Aos 90+2’, novamente pelo lado direito e na conversão de um canto Filipe Godinho, cruzou para a área, à bola embateu num jogador serrano, sobrou para Rui Varela que de primeira rematou para o fundo das redes de Igor Rodrigues que foi incapaz de deter o remate do dianteiro do Cova da Piedade, que assim como golo marcado, levou a equipa do concelho de Almada a somar os três pontos

Triunfo sofrível, mas justo do Cova da Piedade ante um adversário que na primeira parte ainda tentou a sua graça, mas a jogar toda a segunda parte da partida com apenas dez jogadores, pouco fez para sair da Cova da Piedade com o empate.

Destaque na equipa piedense para Adilson, André Carvalhas, Filipe Godinho e Rui Varela. Na equipa da Covilhã, Mike, Sambinha e Chaby.

Excelente trabalho do trio de arbitragem.

Ficha do Jogo
Partida realizada este domingo dia 2 de abril, no Estádio Municipal “José Martins Vieira”. Ao intervalo: 0 - 0. Resultado final:1 - 0.
Árbitro: António Nobre
Árbitros assistentes: 1º Vasco Marques; 2 º Rui Freire.
4 º Árbitro:  Pedro Felisberto
  


Cova da Piedade: Pedro Alves; Chico Gomes (Filipe Godinho, 74’), Roberto Cunha, Miguel Ângelo e Evaldo; Soares, Luís Silva (Silas, 45’) e André Carvalhas; Dieguinho (Rui Varela, 66’), Irobiso e Adilson.

Suplentes não utilizados: Guilherme, Danielson, Carlos Alves e Robson.
Golo: Rui Varela, aos 90+2'
Ação disciplinar: Cartão amarelo a Chico Gomes (41’).

Treinador: João Barbosa
Treinador Adjunto:   Jorge Nabais
Médico:  João Nuno Rossa
Fisioterapeuta: Filipe Drummond Rodrigues
Diretor Desportivo: André Silva
Presidente SAD: Kuong Chun Long.

Sporting da Covilhã: Igor Rodrigues, Mike Moura, Kiko Zarabi, Sambinha e Soares; Djikiné, Diarra (Prince, 83’), Gilberto Silva(Cap.) (Eriveito, 90+3’), Medarious; Filipe Chaby (Cristian Ponde, 76´) e Harramiz.

Suplentes não utilizados: Hugo Marqes, Zé Pedro, Richard Ofori e Diogo Gaspar.

Ação disciplinar: Cartão amarelo para Diarra (45+1), Gilberto Silva(90+3´). Cartão vermelho direto a Medarious (38’), por entrada violenta sobre Chico Gomes.

Treinador: Filipe Gouveia
Preparador Físico: Sérgio Carvalho
Massagista:  Ângelo Proença
Delegado: Vítor Cunha
Presidente da Direção: José Oliveira Mendes

CLASSIFICAÇÂO
Portimonense cada vez mais perto da 1 ª Liga: Cova da Piedade com este triunfo ascendeu à 16 ª posição, ultrapassando o Vizela e o Famalicão



Confira aqui os resultados e classificação:



Sem comentários:

Enviar um comentário