Follow by Email

quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Entrevista a Rui Miguel, presidente do Beira Mar de Almada - continuamos a trilhar esse caminho, um deles é que continuamos a não pagar a jogadores

"À poucos clubes com a estabilidade financeira como o Beira Mar, nós continuamos com os pés bem assentes no chão"

O primeiro teste, em Moura para a Taça de Portugal. Porque não sonhar?

 O Beira Mar Atlético Clube de Almada, a militar no Distrital da 1 ª Divisão da Associação de Futebol de Setúbal, fez no passado dia 28 de agosto a apresentação da sua equipa aos associados, com um jogo treino, tendo por adversário o Sport Futebol Palmense, equipa que milita no distrital de Lisboa e cujo resultado foi favorável à turma de Almada, por 1-0, golo esse apontado por Gonçalo Santos, perto do intervalo da partida e em vésperas de deslocar-se a Moura, para defrontar o Moura Atlético Clube, para a 1 ª Eliminatória da Taça de Portugal, jogo esse a realizar domingo dia 4 de setembro, na bela cidade alentejana, ante um adversário que milita no Campeonato Portugal Prio - Série-H, na qual é líder conjuntamente com o Louletano, ou seja uma tarefa difícil para a turma agora orientada por Augusto Campos.

"Desporto Almada" que esteve presente na apresentação da equipa do Beira Mar, aproveitou a presença e falou com o presidente do Clube, Rui Miguel, para que nos falasse da época que se avizinha, do jogo da Taça de Portugal, do futebol jovem e da estabilidade do clube

"Este ano com um aliciante que é a participação na 1 ª Eliminatória da Taça de Portugal, tentar passar esta eliminatória, é um desafio para o grupo de trabalho"

- Em relação ao futebol sénior disse-nos:

"Continuamos a apostar numa equipa jovem e promissora, com vontade de vencer, reforça-mos com quatro jogadores jovens, jogadores que atuavam  aqui em clubes do concelho, mais concretamente dos Pescadores e do Monte de Caparica, vieram aqui gostaram do nosso projeto e ficaram.
Quanto à época que se aproxima, que a mesma nos corra bem, este ano com um aliciante que é a participação na 1 ª Eliminatória da Taça de Portugal, tentar passar esta eliminatória é um desafio para eles, é uma experiência e decerto vai ser motivante para os atletas.Em relação ao campeonato o líder do Beira Mar de Almada, apontou como meta fazer um excelente campeonato, como aquele que a equipa realizou na época passada, ou seja tentar os lugares cimeiros do campeonato e tentar novamente a presença na final da Taça AFS.
Rui Miguel líder do Beira Mar

"À poucos clubes com a estabilidade financeira como o Beira Mar, nós continuamos com os pés bem assentes no chão" 

 - Muito se fala por aí das dificuldades financeiras, por que passam alguns do nosso concelho. Pergunto como está o Beira Mar, com boa saúde financeira ou atravessa também uma crise?

-"À poucos clubes com a estabilidade financeira como o Beira Mar, nós continuamos com os pés bem assentes no chão, não prometemos o que não temos, continuamos a trilhar esse caminho, um deles é que  continuamos a não pagar a jogadores,  quando é proposto aos jogadores da casa para continuar, eles já sabem que não vão receber nada e aqueles que mostram vontade em representar o Beira Mar de Almada, já sabem que não recebem,direi mesmo quando as pessoas mostram vontade de representar o clube sem receber nada é porque gostam de jogar à bola e tem qualidades"

"Os clubes de Almada devem entre si debater os valores  das transferênçias"

O líder do Beira Mar de Almada, focou também os valores das inscrições e transferências, estas últimas no entender de Rui Miguel elevadas e deixa aqui uma sugestão:

-" Os clubes aqui do concelho de Almada devem debater esse problema, não tem lógica nenhuma os miúdos, ou pelo treinador ou por não serem apostas ao longo do campeonato, acabam por sair e não tem lógica, o Beira Mar e os outros clubes estarem  a pagar transferências.Voltando um pouco atrás e sobre a estabilidade do clube, saliento que  não devemos nada a ninguém, temos tudo pago, temos alguma reserva, continuamos a trilhar esse caminho e isso dá - nos tranquilidade a nível financeiro".

"Dar  continuidade ao nosso trabalho, com muitas equipas jovens e é essa  a nossa aposta"

- A aposta na formação é para continuar, o que nos tem a dizer?

-" Sim, dar continuidade a formação, já a época passada tínhamos uma excelente equipa de iniciados e que esta época alguns deles sobem aos juvenis, juvenis com muita qualidade, vamos tentar novamente apostar nos juniores para subirem ao nacional, nos últimas três épocas temos sempre acabado as provas nos lugares cimeiros. No entanto é difícil, as condições são muito limitadas, com muitas deslocações logisticamente é tudo caro, mas vamos apostar na formação, dar  continuidade ao nosso trabalho, com muitas equipas jovens e é essa  a nossa aposta" 

Sobre o estado do piso sintético, o que nos tem a adiantar:
Fase do jogo: Beira Mara,1 - Palmense,0

-" Em relação ao piso sintético, temos duas propostas, depois de tanta assiduidade já leva 12 anos de utilização e  a ideia é mudar, mas não temos capacidade total para fazer essa mudança do piso sintético, nós tudo o que temos apresentado à autarquia a nível de projetos, há sempre uma percentagem que nos é facultada,mas poderei dizer que ainda não somos dependentes da autarquia, no entanto estamos agradecido no apoio pontual  que a autarquia nos tem dado. Sobre o novo piso sintético, temos algum dinheiro em caixa, mas não dá para esse investimento, daí nós iremos recorrer à Câmara Municipal de Almada, para o apoio necessário para a colocação de um novo sintético".

- Uma mensagem final aos associados e simpatizantes do clube?

-" Os associados do Beira Mar de Almada, são como os associados de outros clubes,tem estado um pouco afastados, tendo em conta, as muitas ofertas que hoje existem na nossa sociedade, no entanto o apelo que faço é que estejam mais presentes e quando for necessário apoiem o clube e este domingo venham em força connosco a Moura apoiar o Beira Mar  nesta eliminatória da Taça de Portugal, com o Moura Atlético Clube, atual líder do Campeonato Portugal Prio- Série H."

Quatro juniores chamados ao plantel para época 2016 / 2017
A equipa técnica comandada por Augusto Campos é composta  por Patrícia Campos, Humberto Santos e Fernando Costa. Fisioterapeuta - Gonçalo

Jogadores 

Ricardo Esteves, Ricardo Santos, Miguel Notário,Ricardo Conceição, Eduardo Faria, Gonçalo Salgueiro, Filipe Costa, Gustavo Andrez, Vando Paulo, Leandro Cabral, Bernardino Mendes, Ricardo Sobral, Alexandre Polho, Luciano Barbosa, José Vitória, Jere Rodrigues, André Costa e Wilson Sanches, Os ex-juniores, Bruce Cabral, João Neves(Johny), João Jorge e Gonçalo Santos e os reforços Rafa,Hugo Semedo e Frederico Moura, todos ex-Pescadores, Bruno Xavier, ex-Atlético e Fábio Santos, ex-Monte de Caparica

Sem comentários:

Enviar um comentário