Follow by Email

quarta-feira, 21 de setembro de 2016

II Liga - Cova da Piedade ferido na sua honra, empatou com a Académica de Coimbra

 No últimos dez minutos, aos 83' e 86' o golo da vitória esteve tão perto para as hostes piedenses 
Ricardo Barros,autor do golo dos piedense, foi um quebra cabeça para o reduto
defensivo da Briosa, aqui com Nuno Santos e Real

A equipa do Clube Desportivo da Cova da Piedade, deu hoje uma cabal respostas, aos críticos e não só, que no passado domingo no jogo com o Portimonense, acusaram a equipa de anti jogo e que não era merecedora de estar na 2 ª Liga.

Os jogadores e equipa técnica,feridos no seu orgulho, deram  a resposta a esses detractores, esta tarde no Municipal José Martins Vieira, na Cova da Piedade ante a Académica de Coimbra, num excelente jogo de futebol em que na primeira parte o equilíbrio foi notório, mas com os estudantes  a colocarem-se em vantagem aos 20 minutos por Tozé. A equipa liderada por Sérgio Boris, não baixou os braços e até ao intervalo desperdiçou duas oportunidades de chegar ao empate

Na segunda parte a turma piedense entrou determinada em dar a volta ao resultado, dominadora e com sentido único, vindo a alcançar o  empate,(1 -1) aos 78 minutos por Ricardo Barros, apesar do empate, a equipa piedenses queria mais e até final da partida, não saiu do meio campo da briosa e aos 83 e 86 o golo rondou as redes da baliza de Ricardo, dois lances em que tanto Ricardo Barros como Varela, isolados frente ao guardião da briosa, fizeram o mais difícil rematarem, um ao lado e outro por cima da trava.

Resultado que soube a pouco para Sérgio Boris,enquanto Costinha, realçou que foi um ponto ganho no reduto dos piedenses,

A ler no próximo post a crónica do jogo. 


Sem comentários:

Enviar um comentário