Follow by Email

terça-feira, 13 de junho de 2017

ENCERRAMENTO DA ATIVIDADE DESPORTIVA DOS ÁRBITROS DE ALMADA E SEIXAL

Bruno Esteves, presidente do Núcleo de Almada e Seixal e Luciano Gonçalves,
presidente da APAF, com a placa alusiva á passagem do 38º aniversário da APAF, que lhe
 foi entregue. Foto: Joaquim Candeias

O Núcleo de Árbitros de Futebol de Almada e Seixal, tal como “Desporto Almada” tinha publicado, realizou no passado dia 10,o evento que assinalou o Encerramento das atividades desportivas relativas à época desportiva de 2016 /2017.Agora aqui deixamos a reportagem  da festa da arbitragem de Almada e Seixal

A festa de encerramento começou com uma partida de futebol entre solteiros e casados, na parte da manhã e que teve como palco o Campo de Jogos do Ginásio Clube de Corroios, com o triunfo a pertencer aos casos por 2-1, com1-o ao intervalo, num jogo muito disputado e que foi dirigido pelo árbitro dos quadros nacionais da FPf, Bruno Esteves ele que tomou recentemente posse como presidente do Núcleo de Árbitros de Almada e Seixal.

Pelas 13,30 horas teve lugar o almoço de confraternização dos árbitros e dirigentes do Núcleo de Almada e suas famílias e que contou com a presença de representantes outros núcleos do distrito e com alguns convidados especiais, entre eles, Luciano Gonçalves, presidente da APAF; José Manuel Esteves, presidente do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol e representou também por delegação o Presidente da Associação de Futebol, Francisco Cardoso[ que por motivo de estar a frequentar um curso na FPF, não pode marcar presença]; o vice -presidente do CA da AFS, Diamantino Pires; o sócio n º1 da NAFAS, José Luís Tavares; alguns representantes dos  vários núcleo do distrito de Setúbal, bem  como a Academia de Árbitros de Futsal, dos responsáveis  do CAT, José Peixoto e Manuel Antunes.

Após o almoço, Bruno Esteves, na qualidade de Presidente do Núcleo de Futebol de Almada e Seixal, agradeceu a todos os presentes, em especial a toda a família da arbitragem, o estarem presentes na festa de encerramento a depois de dar os parabéns, a toda a família da arbitragem presente no evento, e em especial à juventude que transborda no Núcleo de árbitros de Almada e Seixal, procedeu-se à entrega dos vários prémios (ver noutra caixa), tendo depois enaltecido o trabalho dos jovens árbitros:

- “A vida de árbitro é extremamente ardura e difícil e vocês só tem que estar de parabéns e nós devemos estar orgulhosos do vosso desempenho e eu que já passei por essa fase, uma fase dura, onde nos criticam mais, campos muito mais difíceis, onde os atletas não jogam bom futebol, só tenho de agradecer o vosso esforço a vossa determinação e desejar-lhes umas boas férias, como o desejei no editorial do nosso boletim”.

Na continuação do seu discurso, reforçou um desejo:

- “O que eu queria e conto com vocês, eu gostava que cada um de vocês, no próximo curso de candidatos a árbitros de futebol, trouxessem um amigo e si esse vier a acontecer, nós conseguimos ter mais árbitros”. [alguém perguntou! E amigas?] Bruno respondeu - “Sim uma amiga, mas aqui quero dizer que seria mais fácil, ser as nossa árbitras a trazerem uma amiga”.

A terminar apelou à consciencialização de todos:

- “Aquilo que quero é consciencializar os mais jovens e os mais antigos e se vocês não nos ajudarem vai ser mais difícil, nós queremos crescer em número, crescer em qualidade para depois termos qualidade para daqui a uns anos termos mais árbitros nos patamares mais altos do futebol nacional. Conto convosco, da mesma forma que podem contar com esta direção, hoje é o principio das férias e que desfrutem delas”.

“Todos os árbitros terão direito a reclamar os relatórios, com vídeos e filmes (…) mas avisa que o vídeo tem uns prós e um contra…)

José Manuel Esteves, Presidente do Conselho de Arbitragem,
José Manuel Esteves,na sua intervenção.Foto:JoaquimCandeias

 José Manuel Esteves, depois de saudar todos os presentes, esclareceu o motivo da ausência do Presidente da Associação de Futebol de Setúbal, Fernando Cardoso e que estava ali também a representar a AFS.
Depois começou por felicitar os árbitros e os árbitros assistentes do respetivo núcleo e de uma forma direta pediu desculpas aos árbitros assistentes, Michel Rechena e Rui Nunes, de não os ter mencionado os seus nomes na entrevista que deu ao site da afs, já que os mesmos tinham sido indicados para o seminário de árbitros assistente. (..) – “Desejando aos mesmos os maiores sucessos”. E esclareceu também motivo da correção da classificação das listas dos árbitros.

Outro tema quente diz respeito aquém escreve nas redes sociais e esclareceu: 

– “Podem escrever nas redes sociais aquilo que quiserem, mas de mim não levam respostas de certeza, podem dizer que não há transparência ou aquilo que quiserem (…)”. Num tom mais critico-“ são os fracos que não tem coragem de falar pessoalmente com as pessoas e essa mensagem é para todos os árbitros se tem alguma coisa a dizerem, enviem-me por e mail para mim como Presidente do Conselho de Arbitragem e todos os e-mails terão resposta, e esqueçam as redes sociais ".

José Manuel Esteves informou os presentes que o Conselho de Arbitragem da AFS, está a pensar para a próxima época [não sabe se vai ser aprovado ou não] que todos os árbitros terão o direito de reclamar os relatórios [com vídeos e filmes], mas deixa um alerta:-“ O vídeo tem um prós  e um contra, é que vocês estão a reclamar um lance, mas podem ter atrás desse lance, três ou quatro mal ajuizados e em vez de apanharem um 7/8 apanham 7/0,portanto tenham cuidado com isso, o vídeo vai ser prova para a próxima época ,mas é que eu disse, ter muita atenção e cuidado com isso".


“VIVA OS ÁRBITROS PORTUGUESES, VIVA O NOSSO NÚCLEO”

O sócio nº 1 do Núcleo de árbitros de futebol de Almada e Seixal José Luís Tavares também deixou uma mensagem ao Núcleo e aos jovens árbitros:

- “Estou satisfeito em estar aqui com vocês e feliz por reencontrar alguns amigos e suas famílias, que já não os via alguns anos (…) Podemos contar com um presidente da direção [Bruno Esteves] que há um mês atrás, na tomada de posse, as promessas que ele fez estão-se a efetivar-se e isso é muito importante. É importante dizer a estes jovens que contamos com eles e que o futuro da nossa arbitragem está neles e não fica mal oferecer-lhes uma oferta, como se viu aqui hoje nos prémios que lhes foram entregues. Disse o presidente Bruno Esteves, na sua intervenção que nós somos pessoas normais, se calhar não somos pessoas normais, no meio em que se fala mal da arbitragem, nós somos anormais, porque estamos lá, temos a coragem de estar lá, onde o outro não tem coragem de estar

A finalizar deixou: - “Um viva os árbitros portugueses, uma viva ao nosso Núcleo”


O árbitro João Marques vai receber o troféu referente ao jogo
de solteiros e casado, das mãos de Venâncio Tomé.
Foto:Joaquim Candeias
"Uma palavra de incentivo e força ao João Marques e a todos os outros"palavras do presidente da APAF
O presidente da APAF Luciano Gonçalves, usou da palavra e começou por saudar os árbitros e suas famílias e seus familiares : -“principalmente à família, às mulheres e aos filhos neste dia importante, falar em vós e é nestes eventos e num evento destes, não informal que se pode passar alguns momentos com a família, nem em todas as mesas de falou de futebol, mas deixo aqui um cumprimento muito especial a duas pessoas, José Luís Tavares e a António Sérgio que já passaram pela direção da APAF e que eu tenho muito gosto em segui-los”.

O presidente da APAF deixou um cumprimento muito especial à nova direção do Núcleo de Árbitros de Futebol de Almada e Seixal, na pessoa do seu presidente, Bruno Esteves, aquém desejou todos os sucessos para este mandato: - “E não tenho dúvidas nenhumas, não só como árbitro, mas também como pessoa, o doutor António Sérgio, vai ter toda a razão quando disse [que outros caminhos a breve prazo se vão abrir] têm competência para isso

Depois deixou uma palavra de apreço e incentivo - “Para quem conseguiu os seus objetivos, força muitos parabéns, continuem a trabalhar e para quem não conseguiu os seus objetivos esta época, apelo para que continuem a trabalhar se possível com uma maior motivação”.

Dirigindo-se especialmente para o jovem árbitro João Marques disse: -, “Uma palavra de força e incentivo ao João [certamente haverá outros] pela forma profissional como se dedica, isso são fases da vida, mas não tenho dúvidas nenhumas que daqui a alguns anos, vamos estar aqui a festejar uma subida do João Marques aos patamares da Federação ao mais alto nível, porque tens toda a capacidade”.

Por fim dirigiu-se a todos e finalizando: - “Uma palavra de incentivo a todos os outros, desejar as maiores felicidades a todos os que conseguiram os seus objetivos e uma palavra de incentivo a todos os outros que não o conseguiram e que todos eles aproveitem estas férias, não se esqueçam que são curtas e sejam felizes”:

Em Santiago do Cacém as realidades também são diferentes

Ainda usou da palavra o representante do Núcleo de Árbitros de Futebol de Santiago do Cacém, que agradeceu o convite para estar presente no encerramento das atividades  e referindo-se ao árbitro João Marques, disse:-" Uma palavra para o João Marques,às vezes é melhor dar um passo atrás para depois dar dois à frente, dizer que sinto-me feliz por esta sala estar repleta, vejo aqui muitos árbitros jovens,o que dão garantia para o futuro,em Santiago do Cacém,não é isso que se passa, as realidades também são diferentes, desejar uma boas férias para que no regresso tragam mais pujança para alcançar os vossos objetivos".



PRÉMIO DE ASSIDUIDADE PARA A JOVEM EQUIPA LIDERADA POR VITALÍCIO FERNANDES, JOSÉ FRADE E JOÃO ANTUNES
Romeu Franganito, José Luís Tavares e Ilídio Rodrigues, dirigente do 
Conselho de Arbitargem de Setúbal fizeram entrega dos prémios à jovem 
equipa de árbitros. Fotos: Joaquim Candeias

Direção do Núcleo de Árbitros de Futebol de Almada e Seixal, fez entrega de alguns prémios aos seus associados, com o presidente da direção Bruno Esteves, a saudar os muitos jovens árbitros que fazem parte do respetivo Núcleo, ele que dirigiu da parte da manhã o jogo entre solteiros e casados, realizado no campo do Ginásio Clube de Corroios, considerando que foi um excelente jogo, mas muito difícil de dirigir, onde os jogadores [árbitros] protestavam por tudo e por nada, essencialmente nos lances de fora de jogo, já que não havia árbitros assistentes, daí os protestos, tendo chamado Venâncio Tomé, que é presidente da Mesa da Assembleia Geral,  e que atuou na equipa dos casados para fazer entrega do respetivo troféu a João Marques, capitão da equipa dos solteiros.

Seguiu-se depois prémios individuais a Alexandre Silva, filho de um ex-árbitro e que brilhou na baliza dos solteiros, com a curiosidades de não atuar com luvas e José Frade enquanto pelos casados um dos prémios foi para Henrique Pires.

O jovem árbitro Gonçalo Gil, ladeado  por José Peixoto e Manuel Antunes. Foto:Joaquim Candeias
Depois procedeu-se à entrega de dois prémios um de  testes escritos(1ºlugar) e outro de assiduiadade(1º lugar) Gonçalo Gil, prémio esse entregue por dois elementos de formação interna do CAT, José Peixoto e Manuel Antunes, aquém Bruno Esteves dirigiu palavras de apreço pelo trabalho realizado, depois procedeu-se à entrega do prémio de assiduidade e equipa a Vitalício Fernandes, José Frade e João Antunes que foi entregue por José Luís Tavares, Ilídio Rodrigues e Romeu Franganito

Na parte da manhã realizou-se o jogo entre solteiros e casados
A raça em campo, sem que os mais jovens conseguissem  parar
A equipa dos casados,no intervalo da partida
Fotos. Joaquim Candeias/DesportoAlmada

Sem comentários:

Enviar um comentário