Follow by Email

domingo, 20 de agosto de 2017

Campeonato Portugal -começa a festa do futebol um pouco por todo o País, com formato intercalar para esta temporada de 2017/2018

O formato intercalar para esta temporada de 2017/2018 permitirá a redução gradual de clubes participantes na prova - de 80 para 72 - bem como a adequação do número de clubes previsto para o segundo escalão das competições profissionais na época 2018/2019.Campeonato de Portugal arrancou este sábado com novo formato. Conheça as novidades e confira os calendários.

O Campeonato de Portugal - competição "nascida" há quatro anos como resultado da fusão entre as antigas II e III Divisões Nacionais - arranca este fim de semana. O que equivale a dizer que começa a festa do futebol um pouco por todo o País, com a emoção garantida pela luta da subida aos campeonatos profissionais e pela proximidade geográfica dos clubes de cada série, certeza da realização de vários dérbis regionais marcados pela saudável rivalidade do futebol de Portugal.
Esta quinta edição do Campeonato de Portugal (que nas duas primeiras se chamou Campeonato Nacional de Seniores) é marcada por novidades organizativas e pelo facto de se tratar de uma época de transição para um modelo acertado há longos meses após discussão aprofundada que envolveu a FPF, os clubes e as associações distritais e regionais.
O formato intercalar para esta temporada de 2017/2018 permitirá a redução gradual de clubes participantes na prova - de 80 para 72 - bem como a adequação do número de clubes previsto para o segundo escalão das competições profissionais na época 2018/2019.
O Campeonato de Portugal, que às 15h30 de sábado se inicia com o AD Camacha-AD Sanjoanense, da série B, será então disputado por 80 clubes, divididos em 5 séries de 16 clubes. Estes jogam entre si, duas vezes e por pontos, uma na qualidade de visitante e outra na qualidade de visitado.
O primeiro classificado de cada uma das séries e os três melhores segundos classificados entre as cinco séries qualificam-se para disputar um play off, de forma a determinar quais os dois clubes que sobem à competição profissional.
No play off os 8 clubes disputam uma eliminatória, definida por sorteio, a duas mãos, qualificando-se os 4 vencedores para a eliminatória seguinte.
Os 4 clubes vencedores disputam uma outra eliminatória, definida por sorteio, a duas mãos, qualificando-se os 2 vencedores para subirem à competição profissional e para disputarem uma final, em campo neutro, destinada a determinar o Campeão de Portugal.
No que respeita à descida aos distritais, o já referido formato intercalar prevê a descida automática dos seis últimos classificados de cada série, por forma a permitir que em 2018/2019 a competição entre na sua velocidade cruzeiro com as previstas 72 equipas no arranque - as 48 que se mantêm no Campeonato de Portugal, 20 que ascenderão dos campeonatos distritais e regionais e 4 que descerão da LEDMAN Liga Pro.
Veja o calendário da prova.
Confira aqui o regulamento geral do Campeonato de Portugal e aqui algumas notas sobre o formato específico da prova em 2017/2018.
Fonte: FPF

Sem comentários:

Enviar um comentário